http://acesse.vc/v2/149defc26f5

SEO para Youtube, eis aqui uma responsabilidade crucial de todos que trabalham online.

Posicionar um vídeo entre os 3 primeiros no ranking (posição privilegiada) é algo muito simples quando aprendemos a dominar as técnicas de SEO, mas ao mesmo tempo é uma tarefa difícil aos leigos em search engine optimization.

Nesse artigo você descobrirá o que eu mesmo faço em meus vídeos para obter posições de destaque nas buscas do Youtube.

Por isso a partir de agora ficará mais fácil pra você ranquear qualquer vídeo produzido, basta copiar essas estratégias e aplicar no seu canal também.

Vamos lá!

SEO para Youtube: nomeie bem o arquivo raw

Esse é o arquivo raiz que vem do seu computador, quando você faz o upload para a plataforma.

Normalmente, a maioria dos produtores de conteúdo não dão muita atenção para ele, mas saiba que o nome especificado faz uma grande diferença na pesquisa dos usuários e consequentemente no ranking.

Então, sempre que você produzir um vídeo sobre algum assunto, nomeie o arquivo já pensando no título oficial que irá para o Youtube juntamente com a palavra chave mais relevante.

Se possível, deixe igual.

Exemplo:

Digamos que você tenha um vídeo recente falando sobre “os melhores smartphones de 2018”.

Nesse caso, a palavra chave poderia ser “smartphone”.

Então, o passo a seguir é apenas renomear o arquivo do vídeo em seu computador com esse mesmo título ou até melhor, prestando atenção sempre nos termos mais buscados pelos usuários do Youtube atualmente.

Você pode olhar essas estatísticas pelo Keyword Planner (planejador de palavras chave) ou no Instant do próprio Youtube.

Faça o título principal com a técnica AIDA

Esta ação proporcionará um grande impacto positivo no seu negócio digital já no começo da relação com o usuário e no trabalho de SEO para vídeos devido aos simples fatores de conversão presentes no título, juntos com a palavra chave escolhida.

AIDA significa: atração, interesse, desejo e ação.

Exemplo:

“Descubra as novas características dos 3 melhores smartphones de 2018”

Repare que esse estilo de título força (naturalmente) o clique do usuário, porque ele acaba não resistindo a curiosidade, por isso, é recomendado que você sempre utilize essa técnica em seus vídeos.

Transcreva o vídeo à descrição

Lembre do seguinte: o Youtube não consegue ler vídeos (ou o conteúdo dele em si), apenas rastrear os dados que você mesmo insere nos campos disponíveis.

Por isso, capriche na descrição, coloque todas as informações relacionadas ao tópico abordado, ou simplesmente transcreva. Você pode pegar alguns insights no post sobre marketing de conteúdo.

Não esqueça de usar a palavra chave principal e toda sua semântica já no primeiro parágrafo e se você desejar, um link bem visível na primeira linha também.

Obs: é interessante encurtá-los caso sejam extensos demais.

Use tags inteligentes (fator crucial)

As tags são marcações de assunto e indicam ao algoritmo do Youtube sobre o quê seu vídeo fala ao usuário.

Mas não para por aí! As tags também ajudam seu vídeo (caso estejam muito bem organizadas) a aparecer como sugestão em outros canais relevantes.

Bacana né?

Para fazer com que isso aconteça, apenas trabalhe com a semântica de SEO correta, estipulando a importância e ordem (localização) de cada tag dentro do vídeo.

Escolha uma boa thumbnail (miniatura)

Sabe aquelas imagens que ficam por cima do conteúdo em vídeo quando você pesquisa por algum termo?

Elas são chamadas de miniaturas ou thumbnails, no inglês.

A grande sacada aqui é não apenas escolher uma cor que realce com o vermelho do Youtube, mas também nomear o arquivo dela em seu computador com a frase ou keyword ideal.

Essa é uma regra indispensável [e muito pouco usada) em SEO para Youtube, por isso, aproveite essa dica e use sua criatividade.

Você pode usar uma imagem do Google mesmo, ou fazer a sua própria no Canva.com, seguindo a recomendação de dimensões que o Youtube mostra no estúdio de criação.

Conclusão

Esses são os principais fatores internos que fazem um vídeo se destacar dos outros, sejam eles de boa ou má qualidade.

Claro que se você preza por seus usuários, então vai querer produzir algo muito bom, com definição de imagem e som, o que resultará em um grande número de likes, compartilhamentos e comentários sobre o conteúdo.

Se quiser isso, recomendo muito o auxílio da plataforma Leadlovers para automatizar alguns processos.

No entanto, caso não tenha condições de gravar como profissional, faça com o que você tem da melhor forma possível e invista em novos equipamentos quando as primeiras conversões vierem. É assim que se cresce com um canal no Youtube.

Recomendo também, a leitura deste guia avançado de SEO.

Ele não serve apenas para Youtube, mas revela (quase) tudo sobre otimização geral em sites, blogs, vídeos, artigos, etc.

Vale a pena dedicar um tempinho com essa novidade.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: