Diante dessa busca e desejo latente, muitos corretores, imobiliárias, incorporadoras e construtores surgiram, aumentando bastante a concorrência no setor de marketing imobiliário.

Dessa forma, aqueles corretores que “tiravam pedido” passaram a parar de vender e surgiu uma forte necessidade de diferenciação através das mídias digitais.

Mas como se diferenciar em um mercado altamente competitivo?

Uma das melhores formas de se fazer isso é através do marketing digital voltado para este setor específico.

Foi por isso que, pensando em te ajudar, separei as 5 estratégias de marketing imobiliário para você aplicar e ter sucesso. Vamos conhecer?

1 – Tenha um site para fazer o marketing imobiliário

Você conhece alguma empresa de sucesso do mercado de marketing imobiliário que não possua um site?

Isso acontece porque essas organizações passaram a entender que ter um site deixou de ser um diferencial e passou a ser ferramenta essencial para o êxito do negócio.

Afinal, 71% das buscas por imóveis começa na internet e sem um site você não aparecerá nelas.

Porém, não basta criar um site de qualquer jeito apenas para garantir presença digital.

É preciso se atentar em, principalmente, duas coisas: experiência do usuário e SEO.

  • Experiência do Usuário: A experiência do usuário é como ele sente ao navegar no seu site. Se ele se sentir mal e não encontrar o que procura, vai sair e nunca mais voltar. Para que isso não aconteça, tenha um site rápido, intuitivo, seguro e responsivo.
  • SEO: Utilizar técnicas de SEO é a melhor forma para alcançar o primeiro lugar do Google e outros buscadores. Apesar de existirem mais de 200 fatores de rankeamento, sempre pense no seu público ideal e no que é melhor para ele, fazendo assim, agradará ao Google.

Na hora de criar o seu site ou blog, você ainda pode optar pelos gratuitos, por softwares imobiliários, por sites com temas prontos (como os de wordpress) ou então feitos sob medida por profissionais especializados.

Você também pode iniciar um curso que ensina construir e alinhar tudo isso de forma fácil, como o Fórmula Negócio Online.

2 – Faça anúncios patrocinados

anúncios para marketing imobiliário
Anúncios no Google Adwords podem dobrar as conversões

De nada adianta ter um site bem desenvolvido se ninguém vai até ele. Concorda?

Apesar de existirem algumas técnicas orgânicas, como o SEO, elas são de longo prazo e imagino que seu negócio imobiliário não possa esperar até que elas funcionem.

Dessa forma, os anúncios patrocinados aparecem como uma estratégia paga com o objetivo de aumentar o tráfego e acelerar a venda do imóvel desejado.

Dentro do mercado imobiliário, as principais formas de se anunciar são nos buscadores, nas redes sociais e em portais imobiliários.

  • Anúncios nos Buscadores: Os anúncios nos buscadores, como o Google, tem como objetivo impactar e reimpactar o usuário na hora certa e no lugar certo. Afinal, se uma pessoa pesquisa por “Apartamento de 3 quartos em SP”, ela já sabe o que quer e vai só escolher de quem vai comprar.
  • Anúncios nas Redes Sociais: Os anúncios nas redes sociais tem como característica a imensa capacidade de segmentação. É possível segmentar desde dados demográficos mais básicos, como o estado civil, até dados mais profundos, como pessoas interessadas em imóveis.
  • Anúncios em Portais Imobiliários: Os anúncios em portais são interessantes porque é exatamente o local onde muitas pessoas dessa área pesquisam. Além disso, alguns portais oferecem a possibilidade de anunciar gratuitamente. Ou seja, você pode vender sem gastar nada.

3 – Esteja presente nas redes sociais

A pergunta mais frequente feita pelos profissionais imobiliários é: em quais redes sociais preciso estar para vender mais imóveis?

A resposta que sempre dou é bem simples: exatamente nas que seu cliente estiver.

Se você vende imóveis comerciais ou até casas/apartamento de altíssimo padrão, onde o público é composto por CEO’s de grandes corporações, sem dúvidas a sua rede social é o Linkedin.

Dessa forma, jamais esteja em todas as redes sociais só para garantir presença ou entre em todas as novas que surgirem, estude o seu público e produza conteúdos relevantes onde ele estiver através do marketing de conteúdo.

As principais redes sociais usadas no mercado imobiliário são: Facebook, Instagram, Linkedin, Youtube e WhatsApp.

4 – Faça vídeos

Você sabia que até 2020, 80% do tráfego da internet será de vídeos?

Como se esse dado não bastasse, ainda temos a atual facilidade de fazer vídeos apenas com um smartphone e o conhecimento em ferramentas de edição.

Porém, para que o esse vídeo seja realmente relevante e traga resultados, é essencial realizar todas as etapas e boas práticas.

  • Pré-Produção: A pré-produção se resume, basicamente, no roteiro. Apesar de muitas vezes omitido, o roteiro será responsável pelo planejamento e assertividade do vídeo.
  • Produção: A produção é a parte da execução. É aqui que você vai pra gravação, propriamente dita, levando em consideração a melhor opção de câmera, o som e a iluminação.
  • Pós-Produção: A etapa de pós-produção é onde você vai editar o vídeo. Ou seja, pegar todo o material bruto gravado e colocar trilha sonora, ajustar o áudio, retirar sombras, cortar momentos irrelevantes e etc.
  • Publicação: a parte técnica de otimização para vídeos também é um fator muito importante, principalmente se você utilizar o Youtube como plataforma.

5 – Utilize email marketing

O email marketing é uma estratégia comumente classificada como “morta”.

Isso acontece porque muitos ainda ainda utilizam técnicas ultrapassadas de envio: emails sem contexto, personalização e para pessoas que não solicitaram o conteúdo (o famoso Spam).

Em vez disso, a estratégia crucial para o email marketing hoje em dia é focar na aquisição direta e indireta de leads qualificados, ou sejam que estão dispostos a se tornar seus clientes.

Para se ter uma noção, segundo a DMA, estratégias de email marketing possuem um ROI (Retorno Sobre o Investimento) de 3800%!

Porém, para atingir esse resultado é preciso se atentar a algumas boas práticas.

  • Não comprar listas;
  • Personalizar os emails;
  • Segmentar a o envio de emails;
  • Não enviar spam;
  • Ser pessoal;
  • Ser simples e direto;
  • Fazer testes A/B;
  • Analisar os resultados.

Conclusão

Pronto! Agora que você sabe as principais estratégias de marketing imobiliário é hora de colocar tudo em prática, se diferenciar e vender mais.

Ficou com alguma dúvida ou tem outra estratégia que já funcionou com você para sugerir?

Comenta aqui embaixo que te responderei o mais rápido possível.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo protegido!