Veja o Que Faz uma Agência de Lançamento de Infoprodutos, os Famosos Produtos Digitais Lucrativos

Você já ouviu falar de 6 em 7 por alguma agência de lançamento? Se você usa marketing digital ou pesquisa sobre o assunto em vários canais da internet tenho certeza que sim.

Dizem que de médico e louco todo mundo tem um pouco… Eu diria mais: De médico, louco e empreendedor, todo mundo tem um pouco!

Mas… uma coisa é você ter uma grande ideia pra lançar um produto… E outra coisa bem diferente é percorrer e executar todas as etapas até transformar uma simples ideia que está apenas na sua cabeça em um produto real, que as pessoas queiram comprar e você fazer dinheiro com ele.

Na verdade, falando um pouco da realidade do mercado de infoprodutos, a grande frustração da maioria dos infoprodutores é essa: ter uma boa ideia para um produto digital.

A maioria não sabe como colocá-lo na internet pra vender e criar as páginas de captura, configurar as ferramentas de e-mail marketing, criar campanhas no Google ou no Facebook, instalar pixel, fazer remarketing, criar funis de venda, etc…

Você também se sente assim?

É exatamente aqui, neste ponto, que entra a necessidade de uma agência de lançamento de produtos digitais.

Qual o papel de uma agência de lançamento de produtos digitais

Uma agência de lançamento de infoprodutos, normalmente, é uma empresa que já tem (ou deveria ter) uma certa experiência em lançar produtos digitais.

Não só a experiência para criar e executar toda a estrutura de um modelo do tipo Fórmula de Lançamento, como a pesquisa e produção de copy, gestão de tráfego, design das landing pages, validação dos meios de pagamento e ofertas, mas também ter algum resultado mensurável em vendas de outros clientes para apresentar.

Hoje em dia tem muito aventureiro que assiste dois ou três vídeos no YouTube e já se acha o Jeff Walker, Alex Vargas ou o Érico Rocha das Galáxias, sem nunca ter tido um resultado antes.

Há também uma grande quantidade de agências tradicionais que estão com dificuldades de se manter e acabam migrando para o mercado de lançamento de infoprodutos, mas não fazem a menor ideia de todas as etapas que envolve um lançamento de verdade.

Agora, quando falamos sobre uma agência calejada com experiência, que sabe como ganhar dinheiro na internet com lançamentos, isso se torna uma espécie de “atalho” potencializador para o especialista infoprodutor.

Ela é perfeita? Definitivamente, não! Mas são os erros e acertos, os arranhões e as vitórias do “campo de batalha” que dão à agência de lançamento o diferencial e a capacidade de acumular inteligência para executar cada vez melhor os seus lançamentos.

Um infoprodutor sozinho da Hotmart, por exemplo, testa no máximo o seu próprio infoproduto, com uma curva de aprendizado muito longa. Mas, a agência de lançamento testa vários infoprodutos e nichos de mercado diferentes ao mesmo tempo.

Ela vai validando as melhores estratégias, as melhores práticas, com vários clientes diferentes e isso é um ganho de tempo enorme para o infoprodutor.

Quais são os modelos de negócio existentes para lançamentos

publiki agência de lançamento

A primeira coisa a se pensar é: se você é o dono da ideia do infoproduto, quanto você está disposto a abrir mão para conseguir escalar as vendas?

Em outras palavras…

Você prefere receber 100% de R$ 1.000,00 ou 10% de R$ 1.000.000,00? Essa questão da mentalidade proativa é muito discutida dentro do curso do João Castanheira, o Especialista em Vendas Online, como já revelamos aqui.

Respondida essa pergunta, vamos aos modelos de negociação possíveis entre uma agência de lançamento e o especialista.

1- Prestação de serviço com fee, sem participação da agência de lançamento nas vendas

O especialista contrata os serviços da agência de lançamento como copy, gestão de tráfego, seja com SEO ou mídia paga, produção, design e assessoria técnica. Defini-se então o valor deste pacote de serviços que serão prestados e a agência executa.

Normalmente este é um tipo de contrato com valor mais alto. O pagamento pode ser feito à vista ou mensalmente como fee para a agência.

O especialista também fica com a responsabilidade de arcar com todos os custos de mídia, hospedagem de site e ferramentas.

2- Prestação de serviço com fee mais participação nas vendas

Neste modelo, a agência de lançamento e o especialista fazem um acordo onde a agência continua como prestadora de serviço, mas diminui consideravelmente o valor cobrado no fee e passa a receber uma porcentagem sobre vendas.

A participação nos resultados é também uma forma de assegurar o empenho em performance da agência, já que quanto mais resultado ela gerar, melhor será remunerada.

Esta é uma das formas que infoprodutores e ecommerces com um pouco mais de experiência adotam porque conseguem reduzir o seu custo fixo com a agência em troca de uma participação no resultado das vendas.

Esta participação da agência de lançamento nas vendas pode variar entre 15% e 50% além do que é cobrado mensalmente pela prestação dos serviços.

O especialista continua com a responsabilidade de pagar todos os custos de mídia, hospedagem e ferramentas.

3- A agência de lançamento compra os direitos de publicação do infoproduto

Este é um modelo muito parecido com o que é praticado no mercado editorial, onde as editoras tradicionais compram o direito de publicar e vender uma determinada obra, se responsabilizam pelo marketing, distribuição nas livrarias e pagam uma porcentagem das vendas para o autor.

No mercado editorial, essa porcentagem paga ao autor do livro, normalmente varia entre 8% e 10% das vendas.

Já no mercado de infoprodutos, há uma pequena variação deste modelo. A agência de lançamento se responsabiliza por toda a produção, edição dos vídeos, criação das estruturas de marketing e lançamento, além dos custos com publicidade e suporte do infoproduto.

Neste modelo o especialista não tem custo algum com o lançamento, seu compromisso é tão somente a produção do conteúdo e recebe uma porcentagem das vendas que pode variar entre 20% e 40% dependendo da negociação.

4- Coprodução e parceria

Um outro modelo que também é praticado no mercado de infoprodutos, é o de coprodução ou sociedade, onde todos os custos e receitas são divididos meio a meio entre o especialista e a agência de lançamentos.

Neste caso, pode-se abrir uma empresa mesmo, com CNPJ específica para este projeto, onde a agência de lançamento e o especialista são sócios no projeto.

Então há um único centro de custo, de onde são debitados os custos com mídia, produção e ferramentas e o resultado é dividido normalmente com 50% do lucro para cada parte.

Conclusão

Este é um mercado novo. Muita coisa ainda pode e vai mudar.

Novos modelos e formatos de negociação entre agências e especialistas surgem todos os dias.

Uma coisa é certa! Há lugar pra todo mundo neste mercado que não chegou nem em 10% da sua capacidade no Brasil ainda.

Se você já teve alguma experiência com lançamento ou uma outra ideia de modelo de negociação, deixa aqui nos comentários.

Quero agora saber sua opinião aqui nos comentários! Até a próxima.

Fonte original: blog da agência de lançamentos Publiki

Sobre o Autor

Natanael de Souza
Natanael de Souza

Idealizador do blog Marketing Mestre, profissional de SEO, coach de negócios e especialista em marketing digital. Entre em contato para parcerias de conteúdo.

    0 Comentários

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *